Planejamento financeiro 2022

Planejamento Financeiro 2022: O que você deve considerar

Ao considerar o cenário pós-pandemia, ainda cercado de muitas incertezas financeiras para a população brasileira, especialmente para a grande maioria dos empreendedores, que se viram cercados de incertezas e muitos gastos acima do previsto, toda forma de planejamento é muito bem-vinda e necessária para o novo ano. Para começar a desenvolver um planejamento financeiro pessoal, o primeiro passo é reunir todas as informações que envolvem sua realidade financeira.

Mas se você também está em busca de organizar melhor suas finanças e até mesmo tirá-las do vermelho, ou apenas colocá-las em dia e conseguir fazer uma reserva ou novos investimentos, confira a seguir algumas dicas que podem ajudá-lo a conquistar seus objetivos a partir de um planejamento financeiro para 2022.


  1. Relação com o Dinheiro: para uma boa organização financeira, é fundamental que você tenha uma boa relação com o seu dinheiro e saiba lidar com ele. Em muitas famílias ou até mesmo em pequenos negócios, discutir e abrir espaço para falar sobre dinheiro, gastos e investimentos nem sempre é uma realidade. Por isso, além de simplesmente discutir a falta de dinheiro ou o melhor investimento, ao falar sobre dinheiro é preciso focar em uma abordagem voltada ao planejamento financeiro, a fim de debater sobre a importância do desenvolvimento de uma liberdade e qualidade de vida, a partir dele.
  1. Mude Hábitos: Para desenvolver um bom planejamento financeiro pessoal, possivelmente será preciso ajustar e adequar hábitos, revendo principalmente as despesas que podem ser evitadas ou reduzidas, para poder priorizar seus principais objetivos. E essa mudança de hábitos é essencial para quem busca evoluir sua educação financeira.
  1. Gaste consciente: Ao praticar o gasto consciente, você consegue abandonar, gradativamente, algumas atitudes de consumos que praticava por status ou por simples satisfação e que talvez nem percebesse o quanto representavam em seu consumo mensal. Uma dica para quem vai receber o 13º salário, por exemplo, é priorizar o seu uso para compra ou pagamento daquilo que for realmente necessário, para depois então, utilizá-lo para seus luxos e satisfações pessoais. Isso porque, ao resolver contas pendentes primeiro, não compromete suas finanças e você passa a avaliar a real necessidade dos demais hábitos de consumo, facilitando assim para que possa ir em busca de seus objetivos com mais liberdade e menos dívidas ou pendências de pagamentos.
  1. Previsão do orçamento. Essa é fundamental para empresários e microempreendedores. A previsão orçamentária é imprescindível para o sucesso de um planejamento estratégico financeiro. Essa previsão é essencial para subsidiar as principais informações relativas à previsibilidade da empresa. Sem ela, suas decisões tendem a não funcionar. Saber qual é a previsão de faturamento para os próximos meses é crucial. Considerar as metas de venda de sua equipe comercial, isto é, seus vendedores, também é importante. O foco aqui é garantir que a previsão seja feita de forma realista e factível. Assim, os riscos de errar em seu planejamento estratégico financeiro diminuem.
  1. Economize: ao economizar o seu dinheiro periodicamente, você abre caminho para a prática contínua de uma educação financeira consciente, visando na evolução e construção do seu patrimônio. Para isso, economize sempre que possível e também invista sempre, para contribuir para o seu caminho para uma independência financeira.
  1. Revise seu Planejamento: tenha em mente que não basta apenas desenvolver um planejamento financeiro, se você não o colocar em prática. Para isso, é importante revisá-lo com frequência, para saber avaliar como está sendo sua jornada e se é preciso alterar alguma estratégia em seu planejamento. Aproveite a época de final e início de ano para fazer esse trabalho. Caso ainda não tenha feito o seu planejamento, aproveite e baixe nosso Planner Financeiro: https://materiais.michelgoulart.com.br/planner-financeiro-pessoal
  1. Invista: Mesmo quando as coisas estiverem indo bem, lembre-se de economizar e investir, pois é especialmente nesses momentos que as pessoas acabam perder o controle financeiro e realizando despesas e consumos exagerados, ou simplesmente além do que poderiam arcar, de forma consciente.
  1. Dicas: Aproveite a tecnologia ao seu favor! Atualmente existem uma série de aplicativos que podem ajudá-lo a colocar em dia o seu controle financeiro e muitos deles, são gratuitos. Confira a seguir três aplicativos que podem ajudá-lo nesse objetivo:
  • GuiaBolso: é um dos principais aplicativos de finanças pessoais do Brasil, integrado aos bancos, o que automatiza o controle financeiro de cada usuário.
  • Finance: Aplicativo para gestão financeira, com recursos para o controle de contas bancárias e cartão de crédito.
  • Contas Online: é uma plataforma brasileira e gratuita para fazer o controle financeiro empresarial ou pessoal.
  1. Invista em um Plano de Seguro de Vida: as diferentes opções de seguro de vida da Prudential do Brasil podem ajudar você e sua família a estarem preparados para situações inesperadas, para poder cobrir despesas temporárias, tanto em caso de morte, quanto em casos de doença ou perda de emprego ou fonte de renda. Ficou interessado? Vamos conversar! Agende agora sua Consultoria: https://bit.ly/2MRGLHN
Rolar para cima